Belo Horizonte

Belo Horizonte

Tema: O tripé composição, pesquisa e regência

A residência será estruturada em torno dos três pilares que envolvem o trabalho do compositor Roberto Victorio – a composição, a etnomusicologia e a regência. Desde 1999, Roberto Victorio pesquisa a etnia Bororo, do Mato Grosso, tendo vivido com eles por três anos para estudar a sua música ritual e para desenvolver a mecânica de transposição de sua realidade ritual para o universo da música de concerto. A residência composicional será direcionada por suas pesquisas, a partir de workshops de composição e de etnomusicologia, e pela montagem da(s) obra(s) escrita(s) durante o processo, além da regência das obras, e também de outras, como instância final da residência.

Informações

  • Número de vagas: 30
  • Público Alvo: a partir de 16 anos; estudantes, pesquisadores e profissionais da área de composição; regentes que tenham interesse por música contemporânea. Aberto a ouvintes
  • Resultado das Inscrições: 25 de outubro
  • Agenda: Concerto com apresentação de obras trabalhadas na residência, no dia 12 de novembro, na Sala Sergio Magnani
  • Inscrição Gratuita
    03 a 14 de outubro
  • Período da Residência
    31 de outubro a 11 de novembro
  • Horário
    14h a 18h
  • Local
    Fundação de Educação Artística Rua Gonçalves Dias, 320 BeloHorizonte - MG

Bacharel em violão e regência. Mestre em composição e Doutor em etnomusicologia. Como pesquisador tem o trabalho voltado para a música ritual da etnia Bororo de Mato Grosso. Como compositor tem em seu catálogo mais de duas centenas de obras gravadas e executadas nos principais eventos no Brasil e no exterior, recebendo inúmeros prêmios. É regente, diretor musical e instrumentista do SEXTANTE, grupo de câmara que fundou em 1986 no Rio de Janeiro e que até hoje, em Mato Grosso, trabalha exclusivamente com a produção musical brasileira contemporânea, tendo realizado mais de uma centena de primeiras audições de obras brasileiras de concerto, muitas delas escritas originalmente para o grupo, que teve em 1999 o CD “Grutas Permitidas” – gravado ao vivo no Rio de Janeiro e na Chapada dos Guimarães – como representante do Brasil na Tribuna Internacional da Unesco, em Paris. É professor de Composição, Etnomusicologia e Estética da Música da graduação e do Mestrado em Música na Universidade Federal de Mato Grosso e idealizador das Bienais de Música Brasileira Contemporânea de Mato Grosso.

http://www.robertovictorio.com.br

 



1º PASSO

Preencha a ficha de inscrição online ou na instituição onde será realizada a Residência.

2º PASSO

Haverá uma seleção com base no currículo e na carta de intenção.

3º PASSO

O resultado da seleção será informado por e-mail e/ou será divulgado na instituição onde se realizará a Residência, aproximadamente uma semana após o término das inscrições.

4º PASSO

Caso seja selecionado(a), você deve confirmar sua participação por e-mail ou diretamente na instituição onde será realizada a Residência, até três dias antes da data de início da mesma.

5º PASSO

Para garantir sua vaga, você deve estar presente no primeiro dia da Residência.